Submit Content
Get the latest delivered to your inbox
Privacy Policy

SC Johnson apoia a proteção da Carnaúba no Brasil

A doação de R$ 1,2 milhão ajudará a controlar uma erva daninha invasora na Caatinga.

Published 06-27-18

Submitted by SC Johnson

A SC Johnson anunciou hoje a doação de R$ 1,2 milhão para o Centro Internacional de Biociência Agrícola (CABI), como parte das iniciativas da empresa em prol da proteção de recursos naturais para as futuras gerações. Esse subsídio ajudará a orientar a pesquisa em gestão e controle da unha-do-diabo (Cryptostegia madagascariensis), uma planta daninha exótica e invasiva que ameaça atualmente o ecossistema único da Caatinga, incluindo a carnaúba (Copernicia prunifera), palmeira nativa do nordeste do Brasil.

“A natureza agressiva da unha-do-diabo, se deixada sem controle, pode ter um impacto devastador sobre a diversidade da flora local, resultando na perda de vegetação nativa, inclusive a palmeira  carnaúba,” disse Fisk Johnson, presidente do conselho e CEO da SC Johnson. “Este importante esforço ajudará na recuperação da saúde da Caatinga e na sustentação da carnaúba para as futuras gerações.”

Esta iniciativa é cofinanciada pela Agência do Desenvolvimento do Estado do Ceará (ADECE) e o SINDCARNAÚBA, o Sindicato das Indústrias Refinadoras de Cera de Carnaúba do Ceará, e coordenada no Brasil pela Associação Caatinga. O financiamento conjunto ajudará a estabelecer três estações de monitoramento no Ceará para uma base de pesquisa de longo prazo sobre a invasão da unha-do-diabo e a desenvolver uma estratégia de gerenciamento da planta, com o objetivo de introduzir e dispersar o fungo da ferrugem (Maravalia cryptostegiae) para, potencialmente, controlar a espécie.

A unha-do-diabo é uma trepadeira daninha de Madagascar que não tem predadores naturais no Brasil. A planta é tipicamente identificada por suas flores roxas em forma de sino, que normalmente florescem depois de chuvas fortes. Uma vez estabelecida, a unha-do-diabo pode florescer na maior parte do ano e suas sementes são espalhadas pelo vento e em vias fluviais. É conhecida por sufocar as plantas ao seu redor, inclusive a icônica palmeira carnaúba, fonte de cera e uma importante planta para a economia do Ceará. A unha-do-diabo priva outras plantas de luz e dióxido de carbono, pode cobrir o topo de árvores com sua pesada folhagem densa e é conhecida por bloquear o acesso a vias fluviais e por reduzir a área de pastagem para o gado. O leite do caule, ou látex, também é venenoso.

O fungo de ferrugem, que também é nativo de Madagascar, será avaliado como um potencial agente de controle biológico pela CABI no Reino Unido para assegurar que o fungo somente atacará a unha-do-diabo. Depois da coleta do fungo em campo em Madagascar, será conduzido um rígido teste de segurança sob condições de quarentena no Reino Unido. Se aprovado para liberação pelo governo brasileiro, o fungo deve provocar o desfolhamento da planta, o que reduzirá o crescimento da trepadeira, assim como a sua floração e produção de sementes, finalmente contendo a invasão no ecossistema da Caatinga.

“Este investimento ajudará a abordar um problema crescente que vem tendo um impacto prejudicial sobre a flora e fauna nativas da Caatinga. Se deixada sem controle, esta erva daninha invasora continuará a se espalhar por novas áreas do Brasil,” disse o Dr. Harry Evans, pesquisador emérito, da equipe de gerenciamento de espécies invasoras, CABI. “A redução do crescimento e da invasão da unha-do-diabo é essencial para assegurar a saúde da Caatinga no longo prazo e, potencialmente, de outros ecossistemas brasileiros também.”

A Caatinga

Chamada pelas populações nativas de “Floresta Branca”, o ecossistema da Caatinga cobre cerca de 11 por cento do Brasil e está espalhada pelos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, norte de Minas Gerais, Maranhão, Paraíba, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe. Esta floresta seca é o lar da maior população de palmeiras de carnaúba do mundo. Também tem uma das mais diversificadas floras do mundo e sua biodiversidade é extremamente importante para a manutenção da variedade de animais nativos da região, como o emblemático tatu-bola.

A SC Johnson protege o meio ambiente do Brasil há décadas

A SC Johnson tem tido um papel significativo na proteção ambiental no Brasil há mais de oito décadas. Desde a expedição Carnaúba original de 1935 até suas contribuições para a proteção de duas reservas na ecoregião da Caatinga do Brasil nos anos 1990 e a criação do Fundo para Conservação da Caatinga, dedicado ao estudo e à proteção ambiental, a empresa vem investindo significativamente na região. Além disso, a SC Johnson doou 7.300 hectares de terras de Caatinga para a The Nature Conservancy. Em 2017, a empresa fez uma parceria com a Conservação Internacional para ajudar na conservação de mais de 40.000 hectares de terras, a grande maioria na região da Amazônia.

###

Contato:

SC Johnson Global Public Affairs

USPublicAffairs@scj.com

1-262-260-2440

 

Sobre a SC Johnson

A SC Johnson é uma empresa familiar dedicada a produtos inovadores e de alta qualidade, à excelência no local de trabalho e ao compromisso de longo prazo com o meio ambiente e as comunidades onde atua. Com sede nos EUA, a empresa é um dos principais fabricantes mundiais de produtos de limpeza doméstica e produtos de armazenagem doméstica, purificadores de ar, controle de pragas e cuidados para calçados, além de produtos profissionais. Ela comercializa marcas bastante conhecidas, como GLADE®, KIWI®, OFF!®, PLEDGE®, RAID®, SCRUBBING BUBBLES®, SHOUT®, WINDEX® e ZIPLOC® nos EUA e em outros países, com marcas comercializadas fora dos EUA, como AUTAN®, TANA®, BAMA®, BAYGON®, BRISE®, KABIKILLER®, KLEAR®, MR MÚSCLO® e RIDSECT®. Com 132 anos de história, a empresa gera US$ 10 bilhões em vendas, emprega aproximadamente 13 mil pessoas em todo o mundo e vende produtos em quase todos os países. www.scjohnson.com

Sobre o Centre for Agriculture and Biosciences International (CABI)

O CABI é uma organização internacional sem fins lucrativos que melhora as vidas das pessoas fornecendo informações e aplicando expertise científica para solucionar problemas na agricultura e no meio ambiente. Através do compartilhamento de conhecimento e ciência, o CABI ajuda a atender questões de preocupação global tais como melhorias na segurança global de alimentos e na salvaguarda do meio ambiente. Fazemos isso ao ajudar fazendeiros a crescer mais e perder menos do que produzem, combatendo ameaças de pestes e doenças para a agricultura e o meio ambiente, protegendo a biodiversidade contra espécies invasoras e melhorando o acesso ao conhecimento científico agrícola e ambiental. Nossos 48 países membros guiam e influenciam nossas principais áreas de trabalho, que incluem projetos de desenvolvimento e pesquisa, publicações científicas e serviços microbianos.

SC Johnson Logo

SC Johnson

SC Johnson

SC Johnson is a family-owned and managed business dedicated to innovative, high-quality products, excellence in the workplace and a long-term commitment to the environment and the communities in which it operates. Based in the USA, the company is one of the world's leading manufacturers of household cleaning products and products for home storage, air care, and insect control.

 

It markets well-known brands such as GLADE®, OFF!®, PLEDGE®, RAID®, SCRUBBING BUBBLES®, SHOUT®, WINDEX® and ZIPLOC® in the U.S. and beyond, with brands marketed outside the U.S. including AUTAN®, BAYGON®, BRISE®, KABIKILLER®, KLEAR®, and MR. MUSCLE®. The 125-year-old company, with more than $8 billion in sales, employs approximately 12,000 people globally and sells products in virtually every country around the world. www.scjohnson.com

More from SC Johnson

Join today and get the latest delivered to your inbox